HISTÓRIA DA EMPRESA

 
1710/1715 - Fundação do Engenho do Papel da Lousã, por empresários de origem italiana (José Maria Ottone) com incentivo do Estado (reinado de D. João V).

10 de Junho 1875 – Junção com a  Fábrica do Papel do Prado (Tomar) dando origem à Companhia do Papel do Prado, S.A.

A Fábrica manteve, desde a sua fundação, uma atividade produtiva constante, não obstante as várias mudanças de proprietários.

Após o 25 de Abril 1974 – Integrada na PORTUCEL na sequência das nacionalizações.

1999 – Aquisição por um grupo de investidores privados.

A Fábrica tem sabido adaptar-se ao longo de quase 3 séculos de existência, à evolução dos requisitos dos mercados, através de uma equilibrada combinação de experiência e inovação.

Julho de 2003 – Constituição da PCL (Prado - Cartolinas da Lousã, S.A.)